Vida

As artistas que provam que a beleza não está relacionada com a idade

Os números não enganam, mas os rostos sim. De que forma é que alguns dos ícones da moda de Hollywood vivem e sentem o envelhecimento depois dos 60 anos? 

As artistas que provam que a beleza não está relacionada com a idade

Jane Fonda, 83 anos 

Quando a vimos na sétima arte como Barbarella, Jane Fonda tornou-se uma das mulheres com mais ‘power’ de Hollywood – e também um dos nomes que inspirou a moda dos anos 60 e 70. A atriz, loira, de olhos azuis, e com uma silhueta «invejável», atraía a atenção dos espetadores de todas as partes do mundo, não só devido à sua beleza, como também graças ao talento, com o qual deu vida a personagens marcantes e com as quais ganhou alguns prémios, como foi o caso dos dois Óscares na categoria de Melhor Atriz, pelos filmes Klute e O Regresso dos Heróis. Agora com 83 anos, a artista é assídua em conferências que debatem o «envelhecimento ativo», tendo até já visitado Portugal para falar precisamente sobre o tema. Em 2019, a atriz já havia afirmado estar na fase da existência em que se sentia mais plena: «Agora que estou, de facto, no meio de meu terceiro ato, percebo que nunca fui mais feliz. Tenho uma tremenda sensação de bem-estar. E descobri que quando se está dentro da velhice – em vez de ficar olhando para ela de fora – o medo acalma».

Madonna, 63 anos

 Se consideramos Cher como a ‘matriarca das divas da pop’, de que maneira apelidamos Madonna? Musa? Rainha? 
A verdade é que a cantora, atualmente com 63 anos e responsável pelos êxitos Material Girl, Like a Virgin e Hung Up, tem sido uma das artistas que, depois dos 50, tem feito questão de continuar ousada, atrevida e ‘descascada’ nas suas publicações nas redes sociais. O tempo passa, mas, ao que parece, Madonna tem conseguido ‘escapar-lhe’. Mas apesar de parecer lidar bem com o envelhecimento, a cantora já admitiu não lidar assim tão bem com ele. Adora selfies, mas todas as que partilha são imagens super manipuladas com filtros ou edições. Em 2016, quando recebeu o prémio de mulher do ano da revista Billboard, disse: «Se és mulher, não ouses envelhecer, envelhecer é um pecado!». Além disso, a artista  lamentou que as pessoas esperem sempre um certo comportamento de uma mulher dependendo da idade. Contudo, esta não aceita isso. «Nunca me comportei, nunca fiz o que queriam, por que iriam esperar que eu o fizesse agora?».

Helen Mirren, 76 anos

Há seis anos, já a atriz britânica admitia, em entrevista entrevista à Stella Magazine – suplemento do jornal The Telegraph - que «uma das melhores coisas de envelhecer é poder sentir-se finalmente aliviada por abandonar o rótulo de ‘sex symbol’». «Aproveitei todas as etapas da minha vida, de formas distintas», acrescentou Mirren. A artista sentia-se uma mulher «feliz» aos 70 anos e acreditava que ia estar diferente quando chegasse aos 80. «À medida que envelhecemos, aprendemos coisas e estamos mais aptos a lidar com determinadas situações. A idade permite-nos compreender melhor o nosso papel na vida. Faz tudo parte do maravilhoso processo do envelhecimento humano», constatou. O ano passado em entrevista ao portal britânico Mirror, a atriz voltou a sublinhar a plenitude com que vive o envelhecimento: «Sou velha! Olho para isso e está tudo bem!», assegurou. Na entrevista, a atriz sublinhou ainda que o envelhecimento permitiu que esta percebesse «quão precioso é o tempo».

Sharon Stone, 63 anos

Sharon Stone foi sinónimo de sensualidade e beleza em Hollywood durante vários anos, sobretudo depois da famosa ‘cruzada de pernas’, no filme de 1992, Instinto Fatal. E, hoje, continua a sê-lo, apesar de aos 55 anos a atriz ter «admitido não lidar bem com o envelhecimento». Numa entrevista à revista Shape, em 2014, já a atriz havia contado que ficar velha não estava a ser «fácil»: «Houve uma situação, nos meus quarenta anos, em que eu entrei na casa de banho, com uma garrafa de vinho, tranquei a porta e disse para mim: ‘Não vou sair enquanto não aceitar totalmente a aparência que eu tenho agora!’», revelou. «Examinei a minha face no magnífico espelho, olhei para o meu corpo e chorei, chorei e chorei!», adiantou. «Nesse momento, disse: ‘Estás a ficar velha, como vais querer que seja?’. Pensei em envelhecer como uma dançarina, manter o meu corpo em forma. Eu quero ter trabalho, gosto de dançar». A estrela parou de ingerir bebidas alcoólicas e evita comida enlatada.

Michelle Pfeiffer, 63 anos

Michelle Pfeiffer já completou 41 anos de carreira, com uma coleção de 47 filmes no seu currículo. Considerada, ainda hoje, uma das atrizes mais belas de Hollywood, esta começou a sua carreira artística como Miss em diversos concursos de beleza. Depois disso, trabalhou como manequim, sendo o rosto de inúmeras campanhas publicitárias e, mais tarde, da televisão saltou para a sétima arte. A artista é também conhecida por publicar fotografias «ao natural» nas suas redes sociais, colecionando uma série de elogios. No ano passado, numa entrevista no talk show de Lorraine Kelly, elogiada e questionada pela apresentadora britânica sobre a sua aparência, Pfeiffer admitiu: «É o que ninguém quer ouvir... Precisas de comer de uma forma saudável, fazer exercícios, dormir bem e ter cuidado com o stress». Além disso a atriz frisou que «estamos sempre à procura de truques [para combater o envelhecimento], mas isso não está certo!».

Os comentários estão desactivados.