Internacional

Parlamento Europeu autoriza pacote de ajuda de emergência à Ucrânia

Pacote tem o valor de 1,2 milhões de euros e serve para ajudar o país a manter "estabilidade" face às investidas da Rússia. 


O Parlamento Europeu autorizou, esta quarta-feira, um pacote de ajuda de emergência de 1,2 milhões de euros para a Ucrânia. Este pacote, proposto pela Comissão Europeia, foi aprovado com 598 votos a favor, 55 contra e 41 abstenções.

Em comunicado, o Parlamento Europeu explica que os fundos serão disponibilizados, em forma de empréstimos a longo prazo. O objetivo é “reforçar a estabilidade macroeconómica e a resiliência global da Ucrânia no contexto do acentuado aumento da incerteza geopolítica e do seu impacto na situação económica”.

A primeira parcela será de 600 milhões de euros, tal como a segunda, que estará sujeita a uma execução satisfatória do programa do Fundo Monetário Internacional (FMI) e de outros requisitos políticos.

Recorde-se que foi no final de janeiro que a Comissão Europeia anunciou um pacote de ajuda de emergência à Ucrânia para manter o país “livre e soberano” em “circunstâncias difíceis” e apelou a que o Parlamento Europeu o aprovasse “o mais rapidamente possível”.

Os comentários estão desactivados.