Cultura

James Blunt fala sobre o verdadeiro significado do êxito 'You're Beautiful'

O cantor já havia revelado que não escreveu a canção com o objetivo das pessoas a transformarem num “hino do amor”.


"A minha vida é brilhante/ O meu amor é puro/ Eu vi um anjo/ Disso tenho certeza". É assim que começa a música mais famosa de James Blunt. Uma música cujo refrão é cantado desde 2005 como um “hino de amor” e que, 17 anos depois, acaba por “perder” um bocado o brilho daquilo que pensávamos ser o seu significado. 

Blunt explicou na sua última entrevista, dada ao The John Bishop Show, que o assunto em questão é uma história que retrata "um homem drogado (ele mesmo) que assedia a namorada de outro homem no metro". Uma história verdadeira, “já que foi exatamente isso que aconteceu”.

Como já havia contado em 2020 numa outra entrevista, o músico deparou-se com uma ex-parceira no transporte público e, embora não se falassem, sorriram um para o outro e ele não conseguia “parar de olhar para ela”. Após esse encontro, o artista levou dois minutos para compor sua música mais famosa: "Um dia eu estava no metro de Londres e vi uma ex-namorada com o seu novo namorado. Os nossos olhos encontraram-se, mas não falámos. Fui para casa e escrevi a letra de ‘You're Beautiful’”, lembrou. Um tema que, apesar de não ter uma origem tão romântica como as pessoas pensam, o deixa feliz por ser tão adorado: "As pessoas utilizam-na nos casamentos e eu fico animado!”. 

O verdadeiro significado da música está a tornar-se viral apenas algumas horas de se ter tornado público. Na gravação original do álbum, Blunt havia escrito, numa parte da canção que estava “drogado”. Contudo, a gravadora pediu-lhe outras opções para que o tema pudesse passar na rádio, sendo a versão mais famosa a que muda a frase controversa para "eu estou a voar alto”. 

Os comentários estão desactivados.