Sociedade

Casos ativos de covid-19 descem pelo sexto dia consecutivo. LVT com mais novos casos e mortes

Os casos ativos continuam a descer - o que pode ser explicado pelo facto de o número diário de recuperados ser superior ao de infetados. Nas últimas 24 horas, Lisboa e Vale do Tejo diagnosticou mais novos casos e foi também nesta região que morreram mais pessoas devido à covid-19.


Portugal registou, nas últimas 24 horas, 13.103 novos casos de covid-19 e 28 mortes associadas à doença. Estes dados, presentes no boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgado esta terça-feira, elevam para 3.206.281 o total de infetados no país desde o início da pandemia e para 20.894 as vítimas mortais. 

A região de Lisboa e Vale do Tejo reportou novamente o maior número de novos casos: 4.024. Segue-se o Norte, com 3.275 infeções, o Centro com 3.260, o Alentejo com 856 e o Algarve com 652. Na Madeira há mais 561 casos e nos Açores mais 475.

Dos 28 óbitos, 12 ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, 10 no Norte, três no Centro, um no Alentejo, um no Algarve e um na Madeira. Só os Açores não reportaram qualquer morte associada à doença.

Já o número de doentes nos hospitais portugueses devido à covid-19 desceu, depois de ontem ter aumentado. Há agora 1.763 doentes covid internados, menos 69 do que no último balanço. Destes, 111 estão em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), menos três do que ontem.

Por outro lado, mais 20.813 pessoas recuperaram da doença nas últimas 24 horas, elevando para 2.717.509 o total de recuperados no país desde o início da pandemia.

Há agora 467.878 casos ativos no país, menos 7.738 do que ontem – um número que desce há seis dias consecutivos. As autoridades de saúde têm neste momento 74.904 contactos em vigilância.

A incidência e o índice de transmissibilidade (Rt) foram atualizados ontem, continuando em tendência de descida. A incidência nacional é de 2934,0 casos de infeção por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias e, quando considerado apenas o território continental, a incidência é de 2890,9 casos.

Já o Rt é de 0,71 a nível nacional e 0,70 no continente.

Veja aqui o boletim na íntegra.

Os comentários estão desactivados.