Internacional

Homem armado faz reféns no interior de uma loja da Apple numa praça central em Amesterdão

A polícia holandesa está no local com unidades especiais para lidar com um suposto sequestro durante o assalto e já apelou aos moradores, empresários e funcionários locais para não se deslocarem ao local e ainda aos moradores que tenham vista para o prédio em questão para não publicarem fotografias, vídeos ou transmissões ao vivo nas redes sociais. 


Um homem armado faz várias pessoas reféns num interior de uma loja da Apple, situada na praça central de Leidseplein, em Amesterdão. A polícia holandesa já enviou unidades especiais para lidar com um suposto sequestro durante o assalto. 

Segundo escreveu a polícia da capital holandesa na rede social Twitter, “há uma pessoa com uma arma de fogo na loja" e por isso "as forças policiais estão no local com várias unidades e especialistas para manter a situação sob controlo”. 

Agora, as autoridades estão a investigar o caso, sem detalhar mais pormenores até ao momento. No entanto, apelam aos moradores, empresários e funcionários locais para não se deslocarem ao local e ainda aos moradores que tenham vista para o prédio em questão para não publicarem fotografias, vídeos ou transmissões ao vivo da situação para manter em segurança a vida dos reféns e dos polícias envolvidos na operação.

Também estão a ser divulgados vídeos por uma emissora local, segundo avançou a agência Reuters, que mostram aquilo que parece ser uma pessoa mantida refém por um homem com uma arma.

Os comentários estão desactivados.