Cultura

'Os Simpsons' previram o regresso da União Soviética

Mais uma vez, a famosa série ‘The Simpsons’ previu o futuro. Num episódio de 1998, a série de animação norte-americana mostra a Rússia a admitir que a União Soviética “nunca se dissolveu verdadeiramente” e a reerguer o Muro de Berlim. 

 

'Os Simpsons' previram o regresso da União Soviética

DR  


A previsão diz respeito a um episódio de 1998, chamado ‘Simpsons Tide’, onde o enredo se centra num submarino nuclear que participa num exercício militar. A personagem Homer, o pai da família Simpsons, dispara involuntariamente contra o sub-capitão do navio, expulsando-o para águas russas.

Após o acontecimento, a determinada altura, a Rússia revela que a União Soviética, que terminou em 1991, nunca se dissolveu verdadeiramente e podem ver-se tanques e tropas a descer ruas enquanto o Muro de Berlim é novamente erguido.

Com os acontecimentos ocorridos esta semana, o episódio foi resgatado e começou a circular no Twitter. 

E, de acordo com o The Hollywood Reporter, Al Jean, um dos produtores executivos da série, acabou mesmo por reagir,  lamentando esta infeliz coincidência: "Em termos de previsões, existem dois tipos: o corriqueiro, como Don Mattingly se meter em problemas com o seu cabelo em 'Homer at the Bat,'" explicou Al Jean à mesma publicação. "E depois há previsões como esta. Odeio dizer isto, mas nasci em 1961, por isso 30 anos da minha vida foram vividos com o espectro da União Soviética. Para mim, isto é, infelizmente, mais a norma do que uma previsão. Imaginávamos que as coisas iam correr mal", sublinhou o produtor executivo.

Para si, "a agressão histórica nunca desaparece realmente, e é preciso estar sempre vigilante". Além disso, o responsável também referiu o momento em que o episódio foi transmitido, no ano de 1998. "Talvez estivéssemos no auge das relações EUA-Rússia. Mas, desde que Putin chegou, quase toda a gente deixou claro que ele é um tipo mau e iam acontecer coisas más”. 

 

Os comentários estão desactivados.