Internacional

Aprovado envio de pacote de 450 milhões de euros em armas para a Ucrânia

Importa mencionar que as nações acordaram também enviar 50 milhões de euros em bens não-letais como combustível, sendo que nenhum Estado-membro votou contra estas propostas.


O responsável da União Europeia para a política externa, Josep Borrell, anunciou que os 27 Estados-membros darão luz verde a um pacote europeu de 450 milhões de euros em material militar letal. Ou seja, armas que serão enviadas para a Ucrânia, país que vive o quarto dia de invasão russa. 

Importa mencionar que as nações acordaram também enviar 50 milhões de euros em bens não-letais como combustível, sendo que nenhum Estado-membro votou contra estas propostas.

Borrell salientou que as sanções financeiras à Rússia vão congelar “mais de metade das reservas financeiras russas” que estão colocadas em bancos do G7 e o Banco Central Russo será severamente afetado também.

Estas “medidas de grande impacto” servem para que se vá “atrás da elite que apoia Putin e que tem beneficiado do regime”. Por outro lado, sabe-se que estarão a ser preparadas sanções para atingir especificamente “oligarcas russos” para que se isole "totalmente a Rússia, de forma diplomática”.

Os comentários estão desactivados.