Cultura

Realizador Ryan Coogler foi preso após ser confundido com ladrão de um banco

Coogler confirmou o incidente, que aconteceu em janeiro, à revista Variety depois de o TMZ o ter noticiado pela primeira vez. 

 


O realizador da famosa produção de 2018, ‘Pantera Negra’, Ryan Coogler, foi confundido com um ladrão de um banco e preso depois de tentar tirar dinheiro da sua conta bancária. 

Coogler confirmou o incidente, que aconteceu em janeiro, à revista Variety depois de o TMZ o ter noticiado pela primeira vez. 

De acordo com um relatório policial obtido pelo site americano de entretenimento, Coogler, que atualmente se encontra a filmar ‘Pantera Negra: Wakanda Forever’, em Atlanta, nos Estados Unidos, entrou num banco da cidade e entregou ao funcionário que o atendeu caixa um bilhete que dizia: “Gostava de retirar 12 mil dólares da minha conta corrente. Por favor, faça a contagem do dinheiro noutro local. Gostava de ser discreto”, contou.  

Mas a transação acabou por disparar um alarme, de acordo com o relatório, e os funcionários do banco chamaram a polícia. Coogler e outras duas pessoas que o acompanhavam foram presos e depois libertados.

À Variety, o cineasta afirmou que a situação “nunca deveria ter acontecido”: “No entanto, o Bank of America trabalhou comigo e abordou bem o caso. Seguimos em frente!”, revelou.

Antes do filme ‘Pantera Negra’, Coogler dirigiu o spin-off de Rocky Creed, em 2015, estrelado por Michael B. Jordan e Sylvester Stallone. A sua estreia na realização deu-se em 2013, com o filme ‘Fruitvale Station’, sobre um assassinato policial da vida real que também contou com Jordan no papel principal.

Os comentários estão desactivados.