Cultura

Homem é apanhado na fronteira dos EUA com dezenas de cobras e outros répteis na roupa

Os funcionários da alfândega e da patrulha de fronteira (CBP) dizem que alguns dos animais estão em “vias de extinção” e agora foram colocados numa "área segura e protegida" em quarentena com outros animais.

 


No mês passado, agentes de patrulha da fronteira dos EUA encontraram dezenas de lagartos e cobras escondidos na roupa de um homem quando este viajava para os EUA vindo do México.

A descoberta ocorreu na fronteira de San Ysidro, perto de San Diego, por volta das três da manhã do dia 25 de fevereiro.

Segundo a BBC, o homem dirigia uma caminhonete quando foi parado pela equipa de fiscalização.

Os policias descobriram então 43 lagartos com “chifres” e nove cobras em sacos de plásticos "escondidos na jaqueta do homem, nos bolsos das calças e na região da virilha", revelaram os agentes.

O suspeito, identificado como um cidadão americano de 30 anos, foi preso por “suspeita de contrabando ilegal de vida selvagem”.

Os funcionários da alfândega e da patrulha de fronteira (CBP) dizem que alguns dos animais estão em “vias de extinção” e agora foram colocados numa "área segura e protegida" em quarentena com outros animais.

"Os contrabandistas tentarão todas as maneiras possíveis de obter o seu produto, ou neste caso répteis vivos, através da fronteira", afirmou Sidney Aki, diretor de operações de campo do CBP em San Diego, Califórnia.

“Nesta ocasião, o contrabandista tentou enganar os oficiais do CBP para trazer esses animais para os EUA sem cuidar da saúde e segurança dos animais”, explicou ainda.

Os comentários estão desactivados.