Internacional

Maternidade de Mariupol não foi a única a ser bombardeada

Também as maternidades de Zhytomyr e Kharkiv ficaram destruídas. 


As Nações Unidas (ONU) revelaram esta quinta-feira que a maternidade do hospital pediátrico de Mariupol não foi a única a ser alvo de bombardeamentos russos, tendo também as maternidades de Zhytomyr e Kharkiv ficado destruídas. 

A revelação foi feita por Jaime Nadal, chefe do Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA), numa entrevista em vídeo com jornalistas, em Nova Iorque. 

Segundo o responsável, ainda não é conhecido o número de vítimas resultante destes ataques.

Os comentários estão desactivados.