Tecnologia

Esta oportunidade é para quem sempre sonhou ser astronauta

Objetivo da iniciativa passa por aproximar os jovens do espaço e estimular os alunos para uma formação e carreira não só nessa área, mas nas áreas da ciência, tecnologia, engenharia e matemática.


A Agência Espacial Portuguesa lançou esta sexta-feira um concurso que visa selecionar um total de 30 estudantes para participarem, em setembro, num voo parabólico que simula como é ser astronauta e viver no espaço em gravidade zero.

"Zero-G Portugal - Astronauta por um dia", assim se chama o concurso, destina-se a alunos que no próximo ano letivo frequentem entre o 9.º e 11.º anos, com idades compreendidas entre os 14 e os 18 anos, tanto em escolas públicas e e privadas, ou em regime de ensino doméstico.

Em comunicado, Hugo Costa, diretor da agência, explica que os voos foram desenhados para compreender como o corpo do ser humano se podia adaptar a condições de gravidade zero, e são considerados cruciais para a investigação na área da microgravidade.

"É também uma das formas usadas para treinar os futuros astronautas e é essa a experiência que queremos dar aos alunos portugueses", diz Hugo Costa.

Assim, o objetivo da iniciativa passa por aproximar os jovens do espaço e estimular os alunos para uma formação e carreira não só nessa área, mas nas áreas da ciência, tecnologia, engenharia e matemática relacionadas com o setor espacial, explica o responsável.

"Aproximando os jovens ao espaço, queremos contribuir para a sua decisão sobre o futuro, por exemplo, seguindo um percurso nessas áreas de estudo e, quem sabe, despertar a vocação de futuros astronautas", sublinha Hugo Costa.

As candidaturas estão abertas até ao dia 17 de abril e segue-se depois uma segunda fase com testes de perceção e interpretação do espaço. Na terça-feira, e última, haverá testes físicos e ainda uma entrevista. 

Os comentários estão desactivados.