Economia

Mais de 15% dos trabalhadores por conta própria em "dependência económica" em 2021

Dados foram avançados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Mais de 15% dos trabalhadores por conta própria em "dependência económica" em 2021

Do total de 687,3 mil trabalhadores por conta própria em 2021, 10,1% (69,2 mil) indicaram ter tido, nos últimos doze meses, apenas um cliente, 3,7% (25,8 mil) tiveram entre 2 a 9 clientes, um dos quais dominante, e 1,3% (9,1 mil) tiveram 10 ou mais clientes, um dos quais dominante.

Os dados, foram divulgados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) que explica: “Dito de outro modo, 15,1% (104,1 mil) dos trabalhadores por conta própria tiveram um cliente que representou 75% ou mais do rendimento da sua atividade (após deduzidos os impostos), um indicador de dependência económica”.

O gabinete de estatística deu ainda mais detalhes acrescentando também que deste total de trabalhadores por conta própria, 72,4% (497,8 mil) declararam que determinam o seu horário de trabalho sem restrições, 16,1% (110,9 mil) que o seu horário é determinado por outra circunstância que não os seus clientes (por disposições legais, por exemplo) e 11,4% (78,6 mil) que são os clientes quem estabelece o seu horário de trabalho, um indicador de dependência organizacional.

Os comentários estão desactivados.