Sociedade

Homem corta pulseira eletrónica e realiza vários assaltos na zona do Porto

Num espaço de 15 dias, o suspeito de 34 anos furtou viaturas e roubou vários estabelecimentos. Num dos incidentes, foi perseguido pela PSP, acabando por tentar "atropelar elementos daquela força policial". 

Homem corta pulseira eletrónica e realiza vários assaltos na zona do Porto

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, em Matosinhos, um suspeito "fortemente indiciado" pela prática de crimes de roubo agravado, que ocorreram com o recurso a arma de fogo. 

No decorrer de uma investigação, a autoridade judiciária indica, em comunicado, que o arguido, de 34 anos, "num espaço de cerca de 15 dias, protagonizou um significativo número de roubos e furtos em estabelecimentos comerciais". 

Note-se que o homem estava a desrespeitar a medida de coação de obrigação de permanência na habitação, tendo cortado a pulseira eletrónica, através da qual estava a ser monitorizado. 

No dia 16 de março, o suspeito roubou uma viatura, no Porto, e um posto de abastecimento de combustíveis, em Matosinhos, tendo sido perseguido pela PSP. Durante a fuga, tentou "atropelar elementos daquela força policial, provocando danos avultados em várias viaturas e perigo para a vida daqueles", explica a PJ. 

Cinco dias depois, a 21 de março, furtou uma viatura e roubou uma papelaria, em Gondomar, "subtraindo dinheiro e tabaco".

Já a 23 de março, "novamente com recurso a arma de fogo, protagonizou outro roubo numa farmácia em Matosinhos, apoderando-se de uma quantia significativa em numerário". 

O detido tem vários antecedentes criminais contra o património e será presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Os comentários estão desactivados.