Vida

Elton John revela que foi travado de adotar um órfão ucraniano

O cantor de 75 anos contou no podcast da artista Dua Lipa que ele e o seu marido David Furnish queriam ter adotado um órfão ucraniano já em 2009. 


Elton John revelou que esteve perto de adotar uma criança de nacionalidade ucraniana, mas o pedido foi negado pelas autoridades do país. 

O cantor de 75 anos contou no podcast da artista Dua Lipa que ele e o seu marido David Furnish queriam ter adotado um órfão ucraniano já em 2009. 

"Carreguei este rapazinho durante horas. Tivemos uma conferência de imprensa no final e perguntaram-me: 'Pareces gostar muito deste rapazinho. Pensariam em adotá-lo?', ao qual eu respondi: 'Adoraria mesmo!'", recordou no podcast. 

A adoção não andou para frente, porque Elton John é homossexual. Depois deste episódio, o casal ficou com mais vontade de aumentar a família e foi aí que decidiram ter filhos. 

De acordo com a lei ucraniana, citada pelo News Hub, o pai adotivo não pode ter mais de 45 anos. Na altura em que o cantor quis adotar o órfão, Elton John já tinha 62 anos. Além disso, a lei também exige que os pais sejam casados, no entanto a Ucrânia só reconhece o casamento entre um homem e uma mulher, e não a união de um casal homossexual. 

"Elton John não poderá adotar uma criança ucraniana e se ele apresentar esse pedido, infelizmente negá-lo-emos", disse na altura o ministro da Família, Juventude e Desportos da Ucrânia, Yuriy Pavlenko. "A lei é a mesma para todos: para um presidente, para um ministro, para Elton John", sublinhou. 

Passados estes anos, o casal tem dois filhos: Elijah, de 9 anos, e Zachary, de 11 anos. 

Os comentários estão desactivados.