Sociedade

GNR deteve sete homens que estavam envolvidos num esquema de burlas em Pombal

Os homens foram detidos pelos militares por falsificação de documentos. 


A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve, na passada quinta-feira, sete homens com idades compreendidas entre os 24 e 38 anos, por falsificarem documentos, na localidade de Redinha, em Pombal. 

Os militares explicam, num comunicado divulgado esta segunda-feira, que deram seguimento a uma denúncia que dava conta de uma "tentativa de burla naquela localidade", através da qual foi utilizado um esquema que "consistia em disponibilizar serviços de pavimentação com alcatrão excedente de obras anteriores a custos reduzidos", sendo que no final exigia e coagia as vítimas a entregar "um valor largamente superior ao acordado entre as partes". 

Nas diligências policiais, a força de segurança "conseguiu intercetar dois veículos onde seguiam os suspeitos, que ostentavam matrículas falsas, tendo a ação culminado com as suas detenções e com a apreensão de vários materiais", entre os quais um veículo ligeiro, um veículo pesado, uma máquina denominada normalmente por "bobcat", um cilindro de pavimentação, cinco matrículas e ainda diversas ferramentas de trabalho. 

Os detidos foram constituídos arguidos e serão presentes no Tribunal Judicial de Leiria.

Os comentários estão desactivados.