Internacional

Cinco pessoas morreram em acidente de helicóptero na Austrália

As causas da colisão ainda não foram apuradas e sabe-se que o Departamento de Segurança dos Transportes da Austrália está a investigar, tendo enviado uma equipa para inspecionar o local do acontecimento.


Cinco pessoas morreram esta quinta-feira a norte de Melbourne, na Austrália, na sequência da queda de um helicóptero no Monte Disappoitment. A informação foi confirmada pela polícia.

O helicóptero estava a fazer o mesmo percurso que outro, com destino a Victoria, - no âmbito de uma viagem de negócios - tendo este segundo aterrado em segurança uns quilómetros mais à frente, avança o The Guardian.

As vítimas são o piloto e os quatro passageiros. Entre eles estava uma mulher de 50 anos, sendo os restantes homens, com idades compreendidas entre os 32 e os 73 anos. 

As causas da colisão ainda não foram apuradas e sabe-se que o Departamento de Segurança dos Transportes da Austrália está a investigar, tendo enviado uma equipa para inspecionar o local do acontecimento.

O mesmo departamento vai também analisar dados que estejam gravados e realizar entrevistas a todas as pessoas que possam ter conhecimentos acerca do voo. 

A empresa responsável pelo helicóptero, Microflite, disse que iria cooperar com as investigações, tendo o responsável, Rod Higgins, enviado as suas condolências "a todos os afetados pelo acidente".

O Monte Disappointment (desilusão, numa tradução literal) localiza-se na ponta sul da cordilheira de montanhas australiana Great Dividing Range. O nome foi dado pelos explorador Hamilton Hume e William Hovell quando, em 1824, ficaram desiludidos por, devido ao crescimento denso de árvores, ser impossível avistar dali a Port Philip Bay.

Os comentários estão desactivados.