Sociedade

Aluno agride professor no Instituto Politécnico da Guarda

A agressão, decorrida no decorrer de uma aula, foi levada a cabo por um aluno de 25 anos, contra um professor de 55.


A Polícia de Segurança Pública (PSP) confirmou esta quinta-feira que, na quarta-feira, um aluno agrediu um professor dentro das instalações de uma escola do Instituto Politécnico da Guarda (IPG).

O intendente Nuno Carocha, porta-voz da Direção Nacional da PSP, adiantou à agência Lusa que a "PSP respondeu a uma ocorrência no Politécnico, que envolveu um docente e um discente", sendo que a agressão, decorrida no decorrer de uma aula, foi levada a cabo por um aluno de 25 anos, contra um professor de 55.

"Desconhecemos as motivações [que estiveram na origem da agressão], que irão ser apuradas no inquérito", disse ainda o intendente.

Contactado pela agência Lusa, Joaquim Brigas, presidente do IPG, disse que "oficialmente" ainda não tinha recebido notificação do incidente e que desconhece a situação, estando a aguardar a informação por parte da direção da escola.

"Estou à espera da notificação para imediatamente ser aberto um processo disciplinar", afirmou o responsável.

Brigas considera que é "de repudiar toda e qualquer forma de violência, sobretudo num espaço escolar, que é um espaço de aprendizagem e de boa conduta".

Já o presidente da Associação Académica da Guarda, Pedro Lopes, não se pronunciou sobre o assunto.

 

Os comentários estão desactivados.