Desporto

As estrelas de Los Angeles caíram do céu californiano

Os LA Lakers já viram melhores dias, estando fora matematicamente dos play-offs desta temporada. Magic Johnson e Kareem Abdul-Jabbar apontaram o dedo a LeBron James.


A temporada tem sido de muitos resultados, aquém do expectável para os LA Lakers de LeBron James, e os confrontos com os Phoenix Suns foram o palco de quatro derrotas ao longo desta época da NBA para os californianos. O emblema do Arizona bateu os Lakers nos últimos quatro confrontos, e a noite de terça-feira foi fatal para os californianos, que, matematicamente, ficaram fora dos play-offs desta temporada, quando ainda faltam três jogos da época regular por realizar.

A vitória dos Suns foi, aliás, a sua 63.ª nesta época, o que também se traduziu num novo recorde para o emblema de Phoenix. Os Lakers até se poderiam ter ‘safado’, se os San Antonio Spurs tivessem perdido frente aos Denver Nuggets. Mas o destino ditou uma vitória dos Spurs, o que significou a eliminação dos Lakers e um lugar para o emblema de San Antonio no play-in, eliminatória que dá acesso aos play-offs. 

Chuva de críticas Os maus resultados dos Lakers não são novidade, depois de terem sido eliminados dos play-offs, na temporada passada, na primeira ronda, precisamente pelos mesmos Phoenix Suns. Esperava-se uma equipa ‘refrescada’ para esta época, mas tal não se verificou, e os amarelos-e-púrpura continuam numa espiral descendente, que não passou desapercebida a antigas estrelas do mítico emblema do basquetebol norte-americano. Ainda antes do jogo com os Suns, o que significou o fim do sonho dos Lakers nesta temporada, já Magic Johnson apontava o dedo a um culpado pelos maus resultados: LeBron James.

“Quando penso nisso, a culpa que ele [LeBron] deve assumir é o facto de que DeRozan acabou em Chicago e não nos Lakers. DeRozan queria jogar pelos Lakers e quando recebi a chamada do seu agente, liguei para os Lakers e disse ‘ele quer voltar para casa’, e DeRozan poderia ter sido um Laker em vez de um Bull – poderíamos ter feito esse acordo.”

Palavras duras da antiga lenda ‘angelina’, no programa Get Up da ESPN, que acusou LeBron de ter deixado de fora DeRozan, em prol de trazer para a equipa Russell Westbrook. “Quando Russell, LeBron e eles começaram a conversar foi quando cancelaram o acordo e escolheram Westbrook e tornou-se um Laker em vez de DeRozan”, concluiu.

Também Kareem Abdul-Jabbar, o ex-pivô dos Lakers, criticou o astro, novamente, no passado domingo (3). Isto antes da derrota da equipa frente aos Denver Nuggets. Na altura, Abdul-Jabbar acusou-o de não ter comportamentos corretos, exigindo que tenha mais responsabilidades. “Em algumas das grandes coisas que fez parece estar em dois lados de uma mesma moeda. É difícil, para mim, aceitar quando ele se compromete com algo enquanto ele fala sobre tudo. É difícil saber o que realmente quer”, continuou.

Os comentários estão desactivados.