Sociedade

Avião aterra de emergência no aeroporto de Faro devido ao piloto

 A aterragem foi provocada pela indisposição de um dos pilotos por doença súbita.


Aterrou, este domingo de manhã, de emergência no aeroporto de Faro um avião que fazia a ligação entre o Reino Unido e Marrocos. A aterragem aconteceu sem incidentes, depois de ser provocada pela indisposição de um dos pilotos por doença súbita.

"Tratou-se de um alerta vermelho para o aeroporto de Faro, foi ativado o plano prévio de intervenção do aeroporto, por uma situação de indisposição por doença súbita do piloto", disse uma fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro à agência Lusa.

Segundo a mesma fonte, as equipas de socorro receberam um alerta às 10h22 de um voo que “tinha origem em Luton [no Reino Unido] e de destino Agadir, em Marrocos”. Após o aviso, foi feito o pré-posicionamento de meios para a aterragem da aeronave.

O avião "aterrou em segurança, o piloto foi assistido e transportado para o hospital de Faro", não tendo havido mais nenhum passageiro com necessidade de assistência, avançou a fonte do CDOS de Faro.

De acordo com o site da Proteção Civil, no terreno estiveram envolvidos 61 homens, apoiados por 28 veículos.

Os comentários estão desactivados.