Desporto

"Achei mesmo que era o fim". Telma Monteiro quebra silêncio após acidente de viação

A judoca portuguesa partilhou uma publicação no Instagram, onde disse que ficou com “alguns hematomas e dor no corpo”, após o acidente de viação que sofreu ontem ao final da tarde em Castelo Branco. 

"Achei mesmo que era o fim". Telma Monteiro quebra silêncio após acidente de viação

Telma Monteiro recorreu ao Instagram para falar pela primeira vez após o acidente de viação ocorrido ao final da tarde de terça-feira, no qual sofreu ferimentos ligeiros.

“Foi o maior susto da minha vida, num momento achei mesmo que era o fim”, começou por dizer a judoca portuguesa naquela rede social, que ainda fez questão de notar que tem “alguns hematomas e dor no corpo”, mas que está bem e que todos os envolvidos – os colegas Bárbara Timo e Rodrigo Lopes – também o estão.

“Curiosamente esta foi a ultima foto que tirei antes de entrar na carrinha, eu ia a olhar para a foto e a pensar 'que bênção', momentos antes do acidente... Continuo a achar que é tudo uma bênção”, revelou Telma Monteiro na descrição de uma fotografia de uma paisagem presenteada com um arco-íris.

“É tudo demasiado precioso pra desperdiçarmos esta jornada fantástica. Sejam e façam o que vos faz feliz”, concluiu a judoca.

Os judocas Telma Monteiro, Bárbara Timo e Rodrigo Lopes sofreram ferimentos ligeiros após um acidente de viação na A23, esta terça-feira ao final da tarde, junto à área de serviço de Castelo Branco, que provocou seis feridos.

O acidente ocorreu no sentido Norte-Sul, quando os três judocas da formação benfiquista e da seleção nacional, acompanhados por uma funcionária de um clube local e uma outra judoca da formação ‘encarnada’, se encaminhavam para Lisboa, depois de um estágio da equipa, que está a decorrer em Castelo Branco.

Os comentários estão desactivados.