Internacional

Le Pen quer "aproximação" entre a Rússia e a NATO

Candidata da extrema-direta às presidenciais francesas tem sido criticada pelas suas ligações próximas ao presidente russo.


Marine Le Pen, candidata presidencial francesa que disputará o cargo com Emmanuel Macron na segunda volta, disse esta quarta-feira que irá propor, quando a guerra acabar, uma "aproximação" entre a Rússia e a NATO.

"Deve-se refletir sobre o papel da NATO depois da queda do Pacto de Varsóvia, por isso, depois da guerra na Ucrânia, defenderei uma aproximação entre a Rússia e a NATO, que além disso é também do interesse dos Estados Unidos", disse a candidata de extrema-direta, em conferência de imprensa.

Note-se que Marine Le Pen tem sido criticada pelas suas ligações próximas ao presidente russo, Vladimir Putin.

Os comentários estão desactivados.