Sociedade

Detido cidadão romeno procurado há mais de uma década por "crimes violentos" em Portugal

PJ sublinha que operação foi difícil. Suspeito foi localizado na Roménia, o seu país de origem.

Detido cidadão romeno procurado há mais de uma década por "crimes violentos" em Portugal

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um cidadão de nacionalidade romena, membro de uma organização criminosa, que se “dedicava-se à prática de crimes particularmente violentos”, informaram as autoridades em comunicado.

O homem, “localizado na Roménia”, era procurado há mais de dez anos, sendo que os crimes, como o roubo de ourivesarias, “provocaram grande alarme social” de norte a sul do país foram cometidos entre “os anos de 2007 e 2010”.

A “ação apresentou dificuldades acrescidas quanto à identificação, localização e detenção do suspeito, decorrentes do facto de o mesmo pertencer a uma organização criminosa cujos elementos, todos estrangeiros, gozavam de enorme capacidade de mobilidade, quer em TN, quer no espaço europeu”, revelou a PJ.

O comunicado da PJ não refere o nome ou a idade do arguido, mas o Correio da Manhã avança que se trata de Petru Bordei, um homem considerado “muito perigoso” e cujo último assalto, de acordo com o mesmo jornal, foi, em 2010, à Ourivesaria Miranda, em Torres Vedras, tendo os proprietários sido “agredidos à martelada”.

Os comentários estão desactivados.