Politica

"Sócrates aldrabou-nos", admite Costa

Livro de Joaquim Vieira cita posição inequívoca do atual primeiro-ministro sobre José Sócrates. Costa sentiu-se enganado e acredita que a mentira se estendeu a todo o Partido Socialista.

"Sócrates aldrabou-nos", admite Costa

António Costa, anteriormente tido como próximo de José Sócrates, admitiu que o antigo primeiro-ministro o enganou, assim como ao próprio PS, ao dizer que a mãe tinha herdado uma fortuna de família, justificando assim o seu nível de vida elevado.

A ‘confissão’, feita na primeira pessoa, surge numa atualização da biografia de Mário Soares, do jornalista Joaquim Vieira, publicada esta quinta-feira com a revista Sábado.

“Depois do que vi já, entretanto, e que o próprio Sócrates não desmente, concluo que ele, de facto, aldrabou-nos“, admitiu o primeiro-ministro a Joaquim Vieira, em julho de 2021, numa conversa a propósito da biografia de Soares, da autoria do jornalista.

O livro, citado pelo Correio da Manhã, destaca também um encontro, em 2014, entre António Costa e José Sócrates, quando este estava detido na cadeia de Évora, no qual Mário Soares também esteve presente, com o objetivo de mediar a conversa entre os dois.

“Eu ia lá para falar com o José Sócrates pessoalmente e ouvir da boca dele o que tinha para me dizer, mas não consegui estar sozinho com ele. Aliás, nem falei com ele, praticamente (…) O Soares fez ali um comício contra a ‘injustiça’ e ‘a canalhice que isto é’, e o outro acrescentava que sim, que era tudo uma ‘canalhice’ e não sei quê”, disse António Costa, segundo Joaquim Vieira.

Mas as declarações diretas de Costa sobre o antigo primeiro-ministro socialista não ficaram por aqui. “O Soares não estava para ir naquele dia. Portanto, o Sócrates mandou-o ir: em primeiro lugar, porque nunca quis ter uma conversa cara a cara comigo e, em segundo lugar, porque me quis condicionar através do Soares. O que, aliás, só agravou mais as minhas suspeitas sobre a coisa toda“, transcreve ainda o autor da biografia sobre o ex-Presidente da República.

Sublinhe-se que esta é a primeira vez que se conhece uma posição tão inequívoca de António Costa sobre José Sócrates.

 

Os comentários estão desactivados.