Economia

Lucro do Santander sobe para 155,4 milhões no primeiro trimestre

Recursos de clientes ascenderam a 47,5 mil milhões de euros, um aumento de 8,3% face ao mesmo período do ano anterior.


O resultado do Santander Totta fixou-se em 155,4 milhões de euros, um valor que compara com os 34,2 milhões no período homólogo.

"No 1.º trimestre de 2021 tinha sido registado um encargo extraordinário, no valor de 164,5 milhões de euros (líquido de impostos), para fazer face ao plano de transformação em curso, com a otimização da rede de agências e investimentos em processos e tecnologia", revelou a instituição financeira,  em comunicado.

O total de crédito a clientes situou-se em 43,5 mil milhões de euros, um crescimento de 1,2% relativamente ao final do primeiro trimestre de 2021, destacando-se o crescimento do crédito à habitação em 6,5%. Já a quota de mercado de novos empréstimos de crédito habitação (valores acumulados a fevereiro) situou-se em 21,8%.

Os recursos de clientes ascenderam a 47,5 mil milhões de euros, um aumento de 8,3% face ao mesmo período do ano anterior, evolução determinada pelo aumento de 8,4% em depósitos e de 7,6% em recursos fora de balanço.

"A transformação, comercial e digital, continua a materializar-se no crescimento de clientes digitais, os quais já representam 60% da base de clientes de banco principal", refere

O rácio de eficiência foi de 36,5% (+2,4 pp face ao valor de março de 2021), enquanto o rácio CET1 (fully implemented) foi de 21,4%, um acréscimo de 1,3pp em relação a março de 2021.

Os comentários estão desactivados.