Internacional

Guterres sublinha que há "interpretações diferentes sobre o que está a acontecer na Ucrânia"

Secretário-geral da ONU está reunido com ministro russo Sergei Lavrov.


O secretário-geral da ONU, António Guterres, disse, esta terça-feira, em Moscovo, que devem ser criadas, o mais rapidamente possível, condições para um cessar-fogo na Ucrânia. 

"Estamos extremamente interessados em encontrar maneiras de criar as condições para um diálogo efetivo, para um cessar-fogo o mais rápido possível e para uma solução pacífica", disse António Guterres antes da reunião com o ministro dos Negócios Estrangeiros, Sergei Lavrov, citado pela Reuters.

Para o secretário-geral da ONU, o facto de existirem "diferentes interpretações sobre o que está a acontecer na Ucrânia não limita a possibilidade de ter um diálogo muito sério para minimizar o sofrimento das pessoas".

Sublinhe-se que o ministro dos Negócios Estrangeiros ucraniano, Dmytro Kuleba, tinha deixado o apelo, ainda antes da reunião entre Guterres e Lavrov, para que o responsável das Nações Unidas se concentrasse na evacuação dos civis de Mariupol.

Os comentários estão desactivados.