Tecnologia

Spotify cresceu, mas falhou meta de subscritores. Resultados podem estar relacionados com a guerra na Ucrânia

Empresa sueca conseguiu crescer 15% dos assinantes.

Spotify cresceu, mas falhou meta de subscritores. Resultados podem estar relacionados com a guerra na Ucrânia

O Spotify divulgou os últimos resultados financeiros e, no primeiro trimestre, a empresa atingiu um total de 182 milhões de subscritores, tendo, mesmo assim, ficado abaixo do pretendido. 

"Excluindo o impacto da nossa saída da Rússia, o crescimento dos subscritores excedeu as nossas expetativas", diz a empresa, em comunicado. 

Ainda nos primeiros três meses do ano, a empresa sueca conseguiu crescer 15% dos assinantes, em relação ao período homólogo de 2021. 

Mas nem tudo são rosas. O Spotify, mesmo tendo crescido, não conseguiu atingir o seu objetivo de 183 milhões de subscritores, justificando esse falhanço com a retirada russa do mercado. 

Os comentários estão desactivados.