Vida

Jada Pinkett Smith revela que sofre de ansiedade

A atriz, de 50 anos, disse que tinha como hábito roer as unhas.


Jada Pinkett Smith confessou, no episódio mais recente do programa "Red Table Talk", que sofre de ansiedade. Mas atenção: não é devido à famosa estalada de Will Smith, o seu marido, a meio dos Óscares de 2022.

A atriz, de 50 anos, disse que tinha como hábito roer as unhas e comer as suas cutículas. Hábitos que não prestava muita atenção ou preocupação, até começar a cuidar da sua filha. "Eu nunca a identifiquei isso como ansiedade", disse a mãe de Jada Smith, Andrienne Banfield-Norris, de 68 anos, durante o programa.

Assim, Pinkett Smith explicou que lidar e aprender sobre a ansiedade da sua filha ajudou-a a perceber que também sofria deste problema de saúde mental.  "Oh, bem, é claro que provavelmente tenho alguma ansiedade."

"Recentemente, tivemos uma conversa, e ela disse: 'Nunca soube que tinha realmente sentido ansiedade", disse também Willow Smith, filha de Pinkett Smith, durante o programa. A estrela de rock em ascensão, de 21 anos, afirmou ainda que as conversas que teve com a sua mãe ajudaram a "perdoar" a atitude de Pinkett por ter desvalorizado a ansiedade durante toda a sua infância. 

"Foi duro", confessa Smith, à convidada do programa Ireland Baldwin, de 26 anos. "Sinto que quando eu estava a crescer, ela não compreendeu a minha ansiedade. Porque ela, ao crescer, tinha visto os seus amigos morrer... ela tinha passado por tantas coisas que os meus problemas, para ela, pareciam... [mais pequenos]". A ansiedade, continuou Willow Smith, dava-lhe vontade de gritar e chorar. 

Com as conversas e os episódios, Pinkket Smith acabou por perceber que há um "ciclo de ansiedade geracional" na família. 

 

Os comentários estão desactivados.