Desporto

Scheffler, o furor dos greens

Aos 25 anos, Scottie Scheffler venceu o Masters de Augusta, uma das principais provas mundiais de golfe. Desde abril de 2022 que é o golfista número um do ranking mundial da modalidade, e é visto por muitos como ‘o novo Tiger Woods’. Mas afinal, quem é este jovem de New Jersey?


Ogolfe é uma modalidade conhecida mundialmente, e há um nome que vem à mente sempre que se fala nela: Tiger Woods. O golfista, no entanto, já conta largos anos de idade, e já não é nele que os apostadores colocam todas as suas fichas. Agora, há um novo rei, e vem cheio de genica. Chama-se Scott Alexander Scheffler, tem apenas 25 anos de idade e é o número um do ranking mundial da modalidade.

Um lugar que conquistou, aliás, no mesmo mês em que venceu o torneio Masters de Augusta, no estado norte-americano de Georgia. Nada mais e nada menos que um dos mais cobiçados torneios de golfe nos Estados Unidos, onde Tiger Woods marcou o seu regresso às competições após mais de 500 dias fora, ficando muito longe dos lugares habitualmente conquistados (foi campeão em cinco ocasiões diferentes, a última delas em 2019).

Na edição de 2022, Scheffler venceu com uma margem de 3 tacadas, um total de 278 pontos e -10 tacadas ao par, conquistando o prémio de 2,7 milhões de dólares (cerca de 2,5 milhões de euros). Este foi, até agora, o maior feito da carreira de Scheffler, que, no entanto, já chegou ao torneio de Augusta no primeiro lugar do ranking mundial da modalidade.

Em fevereiro deste ano, Scheffler venceu o Open de Phoenix, ao qual se seguiu, três semanas depois, a conquista do seu segundo título PGA Tour da carreira, no Arnold Palmer Invitational em Orlando, Florida. O jovem golfista seguiu numa série de ótimos resultados, entre eles, três semanas depois, a vitória no WGC-Dell Technologies Match Play em Austin, Texas, que lhe valeu de uma vez por todas a subida ao primeiro lugar do ranking mundial.

Ao vencer em Augusta, Scheffler tornou-se no quinto golfista a entrar – e vencer – no torneio Masters enquanto primeiro colocado do ranking mundial, juntando-se a Ian Woosnam (1991), Fred Couples (1992), Tiger Woods (2001, 2002) e Dustin Johnson (2020).

A história no estado de Georgia foi também de reforço para Scheffler. Horas antes de conquistar a camisola verde, o norte-americano confessou ter estado a chorar e em grande stresse. «Chorei como um bebé esta manhã. Estava tão stressado, não sabia o que fazer. Estava ali sentado a dizer à Meredith [mulher] ‘Não acho que esteja pronto para isto. Não estou pronto’».

Quem é este homem?

Mas afinal, quem é Scottie Scheffler, o jovem golfista que promete calçar os sapatos do maior praticante desta modalidade nos dias que correm? A sua vida remonta ao estado norte-americano de New Jersey (Ridgewood), onde nasceu e viveu até aos seis anos. A partir daí, no entanto, a vida levou-o para o Texas, mais especificamente para a cidade de Dallas, onde praticou golfe e basquetebol na Escola Secundária de Highland Park e, mais tarde, na Universidade do Texas, onde começou a dar sinais da sua qualidade como golfista: foi considerado ‘Caloiro do ano’ em 2015.

O golfe começou, de resto, como um hobby já que o seu físico (Scheffler mede 1,9 metros, pesa 91 kg e calça o número 45) deixava prever um eventual futuro no basquetebol – em criança sonhava jogar na NBA e, ainda hoje, considera Michael Jordan o melhor atleta de todos os tempos.

Os estudos nunca ficaram de lado: em 2018 concluiu o curso de Finanças, ano em que se tornou golfista profissional. Foi durante os anos universitários que Scheffler começou a singrar, qualificando-se para o primeiro US Open em 2016.

Os títulos falam por si, e cada vez mais Scheffler está na mira daqueles que procuram o próximo ‘grande’ golfista mundial.

O próprio Tiger Woods fez questão de o congratular na vitória em Augusta, em abril deste ano. «Parabéns ao Scottie Scheffler numa estrondosa vitória. Foi uma jornada especial», disse o veterano golfista através do Twitter.

Os comentários estão desactivados.