Internacional

Neil Parish confessa ter assistido pornografia durante debate e é suspenso da bancada do Partido Conservador

 A sua mulher, Sue Parish, reagiu à polémica afirmando que o marido "é uma pessoa amorosa" e admitiu sentir-se "muito embaraçada". 


O deputado britânico Neil Parish, de 45 anos, foi este sábado suspenso da bancada parlamentar do Partido Conserador britânico, após ter sido acusado por uma ministra de ter assistido pornografia no parlamento, motivo pelo qual foi aberta uma investigação. 

O político conservador já tinha hoje renunciado ao cargo, depois de ter confessado ter visto aquele tipo de conteúdo na Câmara dos Comuns. O ex-parlamentar, do mesmo partido de Boris Johnson,assumiu ter visto pornografia não uma, mas duas vezes. A primeira não foi intencional, segundo diz a Sky News. O deputado carregou no conteúdo para adultos acidentalmente, após estar a ver tratores online. Na segunda vez, "foi num momento de loucura" enquanto estava a decorrer no parlamento um debate sobre sexismo. 

"Claro que é vergonhoso. É vergonhoso para a minha esposa e família, e essa é minha principal preocupação neste momento”, disse ainda Parish à BBC. A sua mulher, Sue Parish, reagiu à polémica afirmando que o marido "é uma pessoa amorosa" e admitiu sentir-se "muito embaraçada". 

 

Os comentários estão desactivados.