Sociedade

Mulher de 64 anos resgatada de um incêndio no interior de habitação em Guimarães

Um homem de 61 anos foi detido depois de se confessar como autor do crime. 


Uma mulher de 64 anos foi resgatada, esta segunda-feira, de um incêndio no interior de uma habitação com dois andares, em Guimarães. A Guarda Nacional Republicana (GNR) tomou conta da ocorrência, tendo detido um homem de 61 anos por ser o autor do incêndio.

Segundo um comunicado da GNR, os militares foram chamados ao local do incêndio e verificaram que o fogo estava a deflagrar no primeiro andar, “ameaçando assim o rés-do-chão da residência”.

“Ao receberem a informação que, no piso inferior, se encontrava uma mulher de 64 anos a dormir, os militares da Guarda rapidamente entraram na residência e conseguiram retirar a mesma do seu interior, antes de ser consumida pelas chamas”, explicou a autoridade.

Ainda foram retiradas do interior da residência botijas de gás, “evitando assim uma possível explosão”, revelaram os militares.

Um homem de 61 anos foi detido “pelo crime de incêndio em habitação que confessou o crime tendo os factos sido reportados à Polícia Judiciária (PJ)”.

O detido foi presente hoje ao Tribunal Judicial de Guimarães, para saber quais as medidas de coação que ser-lhe-ão aplicadas.

Os comentários estão desactivados.