Internacional

Zelensky acusa Lavrov de culpar judeus pelos crimes nazis

Sergei Lavrov disse, no domingo, que Zelensky e Hitler tinham as mesmas "origens hebraicas".


Volodymyr Zelensky acusou esta terça-feira o ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Sergei Lavrov, de "culpar o povo judeu pelos crimes nazis", considerando que a Rússia se "esqueceu de todas as lições da Segunda Guerra Mundial".

Num discurso publicado esta madrugada, o presidente ucraniano lembrou que o "ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia disse abertamente que os maiores antissemitas, supostamente, encontram-se entre os próprios judeus e que provavelmente Hitler tinha sangue judeu". 

"Como se pode dizer uma coisa destas na véspera da data que assinala a vitória sobre o nazismo [09 de maio de 1945]?" questinou Zelensky, acrescentando que "estas palavras significam que o chefe da diplomacia da Rússia está a acusar o povo judeu pelos crimes nazis".

Recorde-se que Sergei Lavrov reiterou no passado domingo em entrevista ao canal italiano Canal 4 que o objetivo da invasão russa à Ucrânia é "desnazificar" o país, acrescentando que tanto Zelensky como Hitler partilhavam "sangue judeu". 

"Isso não quer dizer nada. Há muito tempo que ouvimos o sábio povo judeu dizer que os antissemitas também são hebreus", considerou o ministro russo.

Yair Lapid, ministro dos Negócios de Israel, já condenou as declarações de Lavrov, "tendo convocado o embaixador da Rússia em Israel a quem vão ser pedidas explicações".

 

Os comentários estão desactivados.