Sociedade

Homens britânicos com "necessidade de evacuação urgente" de navio resgatados por aeronave da Força Aérea

Caso ocorreu este domingo.


Dois homens britânicos, de 62 e 69 anos, tiveram de ser resgatados do navio "Marbella Discovery", a 1.337 quilómetros a sudoeste da Terceira, nos Açores, pela Marinha Portuguesa por necessitarem de assistência médica urgente. 

Em comunicado, a Marinha explica que o alerta foi dado pelas 11h18 de domingo, quando o navio com a bandeira de Malta, se encontrava a 718 milhas náuticas (1.337 quilómetros) a sudoeste da ilha Terceira.

Os dois passageiros foram avaliados pela equipa médica do navio, que determinou "a necessidade de evacuação urgente para assistência médica-hospitalar", tendo-lhes sido diagnosticado "fibrilação atrial e crise hipertensiva".

O resgate foi efetuado pela aeronave da Força Aérea EH-101, com o navio a navegar a cerca de 210 milhas náuticas (337.96 quilómetros) a sudoeste da ilha Terceira.

Os homens foram depois transportados para o aeroporto da Base das Lajes, na ilha Terceira, onde foram transferidos para a unidade hospitalar. 

A operação foi coordenada pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), em articulação com o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Aéreo das Lajes (RCC Lajes) e o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU-MAR), tendo estado envolvidos na mesma um helicóptero EH-101, uma aeronave C-295 da Força Aérea Portuguesa, uma ambulância do Serviço Regional de Proteção Civil dos Açores e o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

Os comentários estão desactivados.