Economia

EDP Renováveis com lucro de 66 milhões de euros no primeiro trimestre

Valor representa um crescimento de 75% face ao mesmo período do ano passado.

EDP Renováveis com lucro de 66 milhões de euros no primeiro trimestre

A EDP Renováveis conseguiu lucros de 66 milhões de euros, nos primeiros três meses deste ano, valores que representam um crescimento de 75% face ao mesmo período de 2021, quando os lucros bateram os 38 milhões de euros.

A empresa liderada por Miguel Stilwell de Andrade explica que o resultado líquido foi “neutralizado em parte por maiores impostos, custos financeiros e interesses não controláveis superiores que totalizaram 61 milhões de euros (mais 51 milhões em relação aos três primeiros meses do ano passado) como resultado da performance do portfólio de interesses não controláveis”.

A empresa diz ainda que os lucros antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (EBITDA) somou 394 milhões de euros (+46% face ao mesmo período do ano passado, crescimento justificado com “uma melhor evolução de top line devido à excelente performance operacional do portfólio base”.

Já os resultados financeiros líquidos cresceram 20 milhões para os 74 milhões de euros “com a comparação anual a ser afetada maioritariamente pela maior dívida”.

As receitas chegaram aos 569 milhões de euros nestes primeiros três meses do ano e a EDP Renováveis diz que “o impacto da capacidade adicional, recurso renovável ligeiramente superior, condições de forex e outros foram suficientes para neutralizar o impacto negativo do preço médio de venda, devido ao efeito de portfólio mix”.

Por sua vez, os custos operacionais totalizaram os 241 milhões “devido à maior capacidade operacional e custos antecipados para lidar com o crescimento acelerado”.

Os comentários estão desactivados.