Sociedade

Fuga de gás "resolvida" nas obras da nova linha Rosa do Metro do Porto

 "Não há quaisquer danos pessoais ou materiais a registar", realçou a empresa de transportes públicos. 

Fuga de gás "resolvida" nas obras da nova linha Rosa do Metro do Porto

DR  


Notícia atualizada às 16h53

A fuga de gás registada, esta quarta-feira, nas obras da nova linha Rosa do Metro do Porto, situada na Praça da Liberdade, já foi "resolvida". O trânsito vai regressar à normalidade, anunciou a Câmara do Porto. "Não há quaisquer danos pessoais ou materiais a registar", realçou a empresa de transportes públicos. 

As três válvulas que compõem a conduta de gás - Praça da Liberdade, Clérigos e Virtudes - estão agora "desligadas" e foi "intercetada" a que provocou a fuga nas obras, explicou uma fonte do município à agência Lusa. 

A Metro do Porto também disse, em comunicado, que os serviços da Portgás estão a tratar da reparação da conduta e que a empreitada "retomará logo que possível a normal laboração".

Esta situação levou à evacuação de edifícios nas imediações - como o do Banco de Portugal e do Hotel Intercontinental - e ao desvio do trânsito para o Túnel de Ceuta. No entanto, a autarquia espera que o trânsito volte à normalidade. 

A fuga ocorreu numa conduta de gás em frente ao Hotel Intercontinental, pelas 13:55. No local encontram-se elementos da Proteção Civil Municipal, PSP, Polícia Municipal e Batalhão de Sapadores Bombeiros do Porto.

Os comentários estão desactivados.