Sociedade

Criança atacada por rottweiler está no hospital de Santa Maria em "estado grave"

Mãe também foi atacada pelo cão, que pertencia a vizinho, quando tentava proteger a filha.

Criança atacada por rottweiler está no hospital de Santa Maria em "estado grave"

Uma menina de três anos foi, esta quarta-feira à tarde, transferida do Hospital de Santarém para o Hospital de Santa Maria, em "estado grave", depois de ter sido atacada por um cão da raça rottweiler.

Segundo fonte da GNR, citada pelo Jornal de Notícias, o cão, que pertencia a um vizinho, entrou na casa onde estava criança e a mãe, de 36 anos, que também foi atacada, quando tentava proteger a filha.

O acidente ocorreu por volta das 17 horas, dentro da habitação, localizada em Pontével, no Cartaxo.

As duas vítimas foram socorridas pela Cruz Vermelha de Aveiras e transportadas para o hospital de Santarém, mas a criança foi depois transferida para o hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Fonte do hospital de Santarém adiantou, ao Jornal de Notícias, que a menina “não corre perigo de vida”, sublinhando que a transferência “foi apenas para ter acesso a mais especialidades". "A mãe da menina está bem e fora de perigo”, acrescentou a mesma fonte.

Os comentários estão desactivados.