Internacional

Embaixador russo na Polónia atingido com tinta vermelha

"Eu não não sei o que chamar a isto. Eles arruinaram o nosso feriado sagrado, o Dia da Vitória, disse Sergey Andreyev


Sergey Andreyev, embaixador russo na Polónia, foi esta segunda-feira atingido com tinta vermelha enquanto se deslocava ao cemitério soviético em Varsóvia, com o intuito de fazer uma homenagem relacionada com o "Dia da Vitória", que se celebra hoje na Rússia e em toda a Europa. 

O ataque ocorreu quando o diplomata russo estava a tentar colocar uma coroa de flores no cemitério. Andreyev não teve grande reação, tentando simplesmente prosseguir com a sua agenda.  Os manifestantes, porém, não pouparam nas palavras, chamando-o, e aos seus seguranças, de "fascistas" e "assassínos". Após o incidente, o embaixador russo foi obrigado a abandonar o local com o apoio da polícia polaca. 

O diplomata disse, através do Telegram, que toda a situação podia ter sido prevista, e assim evitada, colocando a culpa nas autoridades polacas, que só chegaram após o ataque já ter ocorrido. "Eu não não sei o que chamar a isto. Eles arruinaram o nosso feriado sagrado, o Dia da Vitória", disse. 

 

Os comentários estão desactivados.