Internacional

Morreu Kravchuk, o primeiro Presidente da Ucrânia

O antigo líder ucraniano, falecido aos 88 anos, é recordado como o principal arquiteto do desmantelamento da União Soviética, além de ter entregado o arsenal nuclear da Ucrânia. 


Leonid Kravchuk, que guiou a Ucrânia após a independência e o colapso da União Soviética, faleceu aos 88 anos, anunciaram as autoridades ucranianas. Este antigo alto dirigente soviético, que ganhou a alcunha de "raposa matreira" por conseguir posicionar-se entre comunistas e nacionalistas, liderou o seu país entre 1991 e 1994, tendo pelo meio entregue o arsenal nuclear ucraniano, que na época era o terceiro maior do mundo, a troco de garantias de paz de Moscovo. Acabaria por falecer em plena invasão russa.

Kravchuk teve um papel crucial na queda da União Soviética, reunindo-se com os seus homólogos russos e bielorrussos para a dissolver, a 8 de dezembro de 1991. Aliás, participantes desse encontro, numa dacha - ou casa de campo - na floresta de Belovezha, na atual Bielorrússia, apontaram o líder ucraniano como tendo tido o papel principal no desmantelar da URSS, recusando quaisquer propostas para a sua reforma. 

"Obrigado pelo renovar pacífico da nossa independência", escreveu no Twitter o ministro da Defesa da Ucrânia, Oleksii Reznikov. "Estamos a defendê-la com armas nas nossas mãos". 

Os comentários estão desactivados.