Sociedade

Jovem fica em prisão preventiva depois de disparar contra parceiro num jogo de cartas em Benfica

Vítima foi atingida nas costas por um tiro, tendo necessitado de uma intervenção cirúrgica. 

Jovem fica em prisão preventiva depois de disparar contra parceiro num jogo de cartas em Benfica

Um jovem de 21 anos ficou, esta quinta-feira, em prisão preventiva, indiciado pelos crimes de homicídio na forma tentada e posse de arma proibida, depois de ter atingido a tiro um parceiro num jogo de cartas, em Benfica.

Este crime ocorreu no dia 1 de fevereiro, segundo indica o Ministério Público (MP) no seu site, na sequência de um desentendimento durante um jogo de cartas que decorria na via pública.

O suspeito abandonou o local e regressou minutos mais tarde com uma arma de fogo, perseguindo a vítima, contra a qual disparou dois tiros.

A vítima acabou por ser atingida nas costas por um dos tiros, tendo sido necessária uma intervenção cirúrgica.

O jovem, que não tem licença de uso e porte de arma, terá sido impedido de continuar a disparar por terceiros que assistiam ao sucedido e, de seguida, colocou-se em fuga.

Segundo o MP, o homem foi detido "em execução de mandado de detenção foram de flagrante delito", estando agora "fortemente indiciado pela prática de um crime de homicídio na forma tentada e outro de detenção de arma proibida".

O arguido foi ontem presente perante a um Juiz de Instrução Criminal, que lhe aplicou a medida de coação de prisão preventiva.

Os comentários estão desactivados.