Sociedade

DGS antecipa 2.º dose de reforço contra a covid-19 nos maiores de 80 anos e residentes em lares

Já as crianças e jovens entre os 12 e 15 anos com condições de imunossupressão também estão elegíveis para receber uma dose adicional. 


A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou, esta quinta-feira, que vai antecipar a administração da segunda dose de reforço contra a covid-19 em maiores de 80 anos e residentes em Estruturas Residenciais para Idosos (ERPI). A vacinação vai arrancar já esta segunda-feira.

“As pessoas com 80 ou mais anos e as residentes em Estruturas Residenciais para Idosos (ERPI) vão ser vacinadas com a segunda dose de reforço. A vacinação nos ERPI inicia-se já na segunda-feira (dia 16 de maio) e as pessoas com mais de 80 anos começarão a ser vacinadas durante a próxima semana, nos centros de vacinação ou nos centros de saúde”, confirma a DGS, num comunicado ao qual o Nascer do Sol teve acesso. 

Já as “crianças e jovens entre os 12 e 15 anos com condições de imunossupressão, identificadas na norma 002/2021, também passam a ser elegíveis para receber uma dose adicional de vacina” contra o vírus, depois de a Comissão Técnica de Vacinação contra a Covid-19 dar luz verde.

Os jovens que observarem estas condições “serão vacinados de acordo com orientação e prescrição médica”, afirma a autoridade de saúde.

Os comentários estão desactivados.