Internacional

Tribunal Penal Internacional envia a "maior equipa de sempre" para investigar possíveis crimes de guerra na Ucrânia

Equipa é composta por 42 investigadores, peritos forenses e grupos de apoio, e irão todos trabalhar em conjunto com as autoridades ucranianas.


Karim Khan, procurador do Tribunal Penal Internacional (TPI), informou esta terça-feira que a agência enviou "a maior equipa de sempre" para investigar os possíveis crimes de guerra na Ucrânia, na sequência da invasão russa àquele país.

A equipa é composta por 42 investigadores, peritos forenses e grupos de apoio e irão todos trabalhar em conjunto com as autoridades ucranianas, diz ainda Khan, citado pela agência AFP. "Isto representa o maior destacamento de sempre do meu gabinete desde a sua criação", disse ainda Khan, numa declaração.

Os profissionais, referiu o procurador do TPI, irão "fazer avançar as investigações sobre crimes abrangidos pela jurisdição do Tribunal Penal Internacional e prestar apoio às autoridades nacionais ucranianas". 

Karim Khan agradeceu em especial aos Países Baixos por terem enviado um "número significativo de peritos nacionais holandeses" para ajudar na missão. 

Os comentários estão desactivados.