Internacional

Suécia e Finlândia entregam pedido de adesão à NATO quarta-feira

Anúncio foi feito esta terça-feira numa conferência de imprensa conjunta. 


A Suécia e a Finlândia vão apresentar o pedido de adesão à NATO na quarta-feira, em Bruxelas, anunciaram hoje em Estocolmo, a primeira-ministra sueca, Magdalena Andersson, e o Presidente finlandês, Sauli Niinisto.

"Até amanhã (quarta-feira) vamos apresentar o pedido à NATO. É uma mensagem forte e um sinal claro de que estamos juntos no futuro", disse o governante da Finlândia numa conferência de imprensa conjunta. 

O anúncio foi feito após o parlamento finlandês ter ratificado por maioria a entrada do país na Aliança Atlântica e depois de o Governo sueco ter também informado, na segunda-feira, que iria solicitar a entrada na NATO. 

A primeira-ministra sueca disse que a adesão à Aliança seria "o melhor para a segurança" dos dois países, congratulando-se que podem decidido tomar esta decisão em conjunto e recordadndo os laços que os unem. 

"Aderir à NATO fortalece a segurança da Suécia, mas também do Báltico. Fazê-lo ao mesmo tempo que a Finlândia significa que contribuiremos para a segurança do norte da Europa", referiu Andersson. 

Já Niinisto sublinhou o passou "histórico" tomado em conjunto, assim como o "triunfo" da democracia, considerando que o norte da Europa será, a partir de agora, "uma fortaleza".

"Tive uma conversa telefónica com (o Presidente russo, Vladimir) Putin, num outro dia, e fiquei muito surpreeendio por ele estar calmo. Pode-se perguntar por que razão. Uma explicação pode ser que a Rússia não quer dizer ao seu povo que tem novos problemas", disse o Presidente finlandês.

Recorde-se que tanto a Suécia como a Finlândia são países que partilham fronteiras com a Rússia, sendo a do primeiro país terrestre e a do segundo marítima. 

 

Os comentários estão desactivados.