Politica

Depois de Costa, Augusto Santos Silva anuncia que vai visitar Kiev

O Presidente da Assembleia da República confirmou que aceitou o convite do homólogo ucraniano. 


Depois de o Presidente da República revelar que o primeiro-ministro vai visitar a Ucrânia, Augusto Santos Silva, Presidente da Assembleia da República (AR), afirma, esta quarta-feira, que também vai viajar até ao país invadido pela Rússia, a convite do homólogo ucraniano.

“Aceitei o convite do presidente do parlamento da Ucrânia para uma deslocação a Kyiv”, confirmou Augusto Santos Silva, depois de realizar uma videochamada com Ruslan Stefanchuk, ao acrescentar que a visita irá ocorrer “logo que seja oportuno e as condições o permitam”.

Já no encontro virtual, Augusto Santos Silva garantiu aos jornalistas que o caso dos refugiados ucranianos em Setúbal não foi tema, reiterando que esse é um “caso isolado”.

Nas palavras do Presidente da AR, a reunião centrou-se no apoio prestado por Portugal, com o qual o Governo está empenhado em reforçar a ajuda tanto a nível humanitário como militar, marcando presença nas sanções contra a Rússia, na reconstrução das zonas que o "exército ucraniano já libertou da invasão russa” e na “reconstrução da economia ucraniana”, e também no "incremento da cooperação entre a União Europeia e a Ucrânia".

"Em todos estes planos o apoio de Portugal tem-se feito sentir desde a primeira hora e continuará", sublinhou Augusto Santos Silva, ao notar o “gosto” de Portugal em “receber as dezenas de milhares de cidadão ucranianos que tiveram que abandonar o seu país".

Quanto à futura deslocação parlamentar portuguesa à Ucrânia, será tratada “com a eficiência e a descrição necessárias nestes casos", garantiu o Presidente da Assembleia da República.

Os comentários estão desactivados.