Economia

Ordem dos Economistas diz que há margem para subir mais salários

“Neste momento há margem de manobra e faz todo o sentido ter em atenção essa perspetiva de um ajuste salarial”, disse António Mendonça.

Ordem dos Economistas diz que há margem para subir mais salários

O bastonário da Ordem dos Economistas defendeu que o Governo tem margem para fazer crescer os salários da função pública no Orçamento do Estado para 2022, além da atualização dos 0,9% que já está definida.

“Neste momento, há margem de manobra e faz todo o sentido ter em atenção — não apenas aqui em Portugal mas a nível geral — essa perspetiva de um ajuste salarial tendo em conta a inflação”, disse António Mendonça em entrevista ao Negócios e à Antena 1, acrescentando que “há muitos anos” que os portugueses perdem poder de compra.

Para o bastonário da Ordem dos Economistas, “os salários geram também dinamismo económico que acabam por beneficiar as próprias empresas. Temos de encontrar aqui equilíbrios”, defende, assumindo no entanto que compreende a posição cautelosa do Ministério das Finanças.

Os comentários estão desactivados.