Sociedade

Mais de 300 ucranianos com proteção temporária deixaram Portugal

Pediram cancelamento da proteção e voltaram para a Ucrânia.

Mais de 300 ucranianos com proteção temporária deixaram Portugal

Pelo menos 310 ucranianos, a quem tinha sido atribuída proteção temporária em Portugal devido à guerra, deixaram o país e regressaram à Ucrânia, segundo dados do SEF, citados pela agência Lusa.

As cerca de três centenas de ucranianos pediram o cancelamento das proteções temporárias que formalizaram junto do SEF. Sublinhe-se que no final de abril, o número estava nos 160.

Desde que começou a invasão russa da Ucrânia, a 24 de fevereiro, 38.278 ucranianos ou estrangeiros residentes naquele país pediram proteção temporária a Portugal, um terço dos quais menores.

Os comentários estão desactivados.