Internacional

México autoriza que menores violadas façam aborto sem consentimento dos pais

Segundo escreve a Associated Press, apenas será necessário um documento em como foi entregue uma queixa às autoridades mexicanas a reportar a violação.

México autoriza que menores violadas façam aborto sem consentimento dos pais

Se uma menor de idade tiver sido vítima de violação, e, daí, resultar uma gravidez, esta pode fazer um aborto sem que seja preciso a autorização dos seus pais ou engarregados de educação, anunciou, na terça-feira, o Supremo Tribunal do México. 

Segundo escreve a Associated Press, apenas será necessário um documento que comprove que foi feita queixa às autoridades mexicanas a reportar a violação.

O tribunal decidiu, no ano passado, que punir o aborto seria inconstitucional, e pretende revogar as legislações que permitem que uma mulher possa ser acusada de cometer um crime por ter abortado.

Na maioria dos 32 estados do México, note-se, o aborto ainda é proibido, sendo possível apenas em alguns Estados - o que está a fazer com que várias organizações não-governamentais estejam a pressionar os líderes para que a legislação mude. 

 

Os comentários estão desactivados.