Politica

Governo diz que 'pico' da covid já passou e descarta medidas adicionais

Plano de vacinação para o outono será conhecido nas próximas duas semanas.


O Executivo afastou, esta quinta-feira, a ideia de que seriam necessárias medidas adicionais no combate à pandemia de covid-19.

A ministra da Presidência afirmou, após a reunião do Conselho de ministros, que os números de contágios da covid já estão em queda.

"Neste momento, de acordo com a análise aos números, o pico já terá passado, com algumas regiões já com quedas visíveis, assim como no que respeita [à incidência] em grupos etários. Por essa razão, o Conselho de Ministros decidiu manter as medidas em vigor", disse Mariana Vieira da Silva.

Mas fez a ressalva: “Quero destacar que o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras, por exemplo, não significa que a máscara não deva ser utilizada em situações de maior risco".

Sobre o plano de vacinação para a próxima estação, a governante adiantou que "será feito pelo ministério da Saúde, entre a próxima semana e a seguinte" e que deverá ser conhecido nas próximas duas semanas.

"Neste momento, está em curso a vacinação dos maiores de 80 e dos cidadãos que residem em estruturas residenciais para idosos. Entre a próxima semana e a semana seguinte, o Ministério da Saúde vai anunciar o plano de vacinação para o próximo outono", afirmou Mariana Vieira da Silva.

Sublinhe-se que do plano deverão constar as decisões relativamente às outras faixas etárias, “tendo também em conta informações mais recentes dos parceiros europeus de Portugal".

Os comentários estão desactivados.