Internacional

Jovem palestiniano de 15 anos morto a tiro pelo Exército israelita

Em comunicado, o ministério da saúde da Palestina disse que o adolescente sofreu graves ferimentos por balas na zona das costas e no pescoço, acabando por morrer no hospital. 

Jovem palestiniano de 15 anos morto a tiro pelo Exército israelita

Zayd Mohammed Ghouneim, um jovem palestiniano, de 15 anos, foi morto a tiro pelo Exército israelita, perto de Belém, a sul da Cisjordânia ocupada, informou esta sexta-feira o ministério da Saúde da Palestina.

Em comunicado, o ministério disse que o adolescente sofreu graves ferimentos por balas na zona das costas e no pescoço, acabando por morrer no hospital. 

Já o Exército de Israel disse à agência France-Press (AFP) que os seus soldados foram atacados por pedras e bombas incendiárias enquanto realizavam uma patrulha de rotina na cidade palestiniana de AI-Khader, também em Belém. 

"Os suspeitos atiraram pedras e bombas incendiárias improvisadas ('cocktail molotov'), colocando a vida dos soldados em perigo. Os soldados responderam com fogo real. Uma pessoa ferida foi identificada", afirmou ainda o Exército israelita, em comunicado.

 

Os comentários estão desactivados.