Desporto

Sergio Pérez aproveita confusão da Ferrari e vence GP do Mónaco

O piloto da Red Bull Racing conquistou o icónico Grande Prémio do Mónaco, seguido por Carlos Sainz (Ferrari) e o seu companheiro de equipa, Max Verstappen.


A edição de 2022 do Grande Prémio do Mónaco teve de tudo: chuva, confusão e uma vitória estrondosa de Sergio Pérez (Red Bull Racing).

A corrida começou com um atraso significativo, fruto do mau tempo que se fez sentir no sul de França, com Charles Leclerc e Carlos Sainz a partir da fila da frente, com grandes expectativas para o GP. Em Monte Carlo, devido ao peculiar traçado do circuito, recorde-se, é particularmente difícil ganhar posições, já que o espaço é limitado, pelo que a vitória 1-2 da Ferrari era algo que se mostrava muito provável.

Mas isso não impediu a corrida de ser uma das mais emocionantes dos últimos anos. É que as erróneas estratégias de pit-stop da scuderia de Maranello 'tramaram' Charles Leclerc, que acabou por cair dos primeiros lugares, entregando a liderança da corrida a Pérez. O seu colega de equipa, Carlos Sainz, findou no mesmo segundo lugar em que começou a corrida, com apenas 1.1 segundos de desvantagem, e Max Verstappen acabou por assegurar o terceiro lugar ao ultrapassar o piloto monegasco, que findou a corrida no quarto lugar.

A corrida ficou ainda marcada pelo incidente envolvendo Mick Schumacher que, na 27.ª volta, acabou por embater e ser obrigado a abandonar a corrida, que teve de ser interrompida. 

Os comentários estão desactivados.