Sociedade

FC Porto avança para tribunal após críticas de Varandas a Pinto da Costa

Em causa estão "as declarações falsas e insultuosas do presidente do Sporting", que disse que Pinto da Costa é um "corruptor ativo e uma vergonha para o desporto".


O FC Porto tomou a decisão de avançar judicialmente contra Frederico Varandas, presidente do Sporting Clube de Portugal, depois das declarações fogosas a criticar a postura do líder portista, Pinto da Costa.

"Face às declarações falsas e insultuosas proferidas ontem numa cerimónia pública, o Conselho de Administração da FC Porto - Futebol SAD e o seu presidente, Jorge Nuno Pinto da Costa, tomaram a decisão de agir judicialmente contra o presidente do Sporting Clube de Portugal. É à Justiça que compete avaliar ações graves - e reiteradas - de pura piromania mediática", anunciou o FC Porto num comunicado publicado esta segunda-feira.

Em causa estão "as declarações falsas e insultuosas do presidente do Sporting", que disse que Pinto da Costa é um "corruptor ativo e uma vergonha para o desporto".

"Não é preciso a Justiça dizer o quer que seja para sabermos que o senhor Pinto da Costa é um corruptor ativo e alguém que deveria estar banido do dirigismo desportivo há décadas. Difícil é explicar a qualquer cidadão como é que uma pessoa apanhada a dizer isto não é condenada", apontou o presidente do Sporting.

Os comentários estão desactivados.