Sociedade

GNR resgata gato preso numa armadilha em Pinhel

Após o resgate, a GNR instaurou um processo crime “por utilização de meios de caça não permitidos”. 


Um gato preso numa armadilha foi resgatado, esta segunda-feira, pela Guarda Nacional Republicana (GNR,) através do Núcleo Proteção Ambiental (NPA), em Pinhel, na Guarda.

Os militares explicam, em comunicado divulgado hoje, que receberam um alerta “a informar que teria sido encontrado um gato ferido e preso numa armadilha, num terreno contíguo ao aglomerado populacional”.

A autoridade localizou o gato no local e “após diligências feitas, foi possível libertar o animal da armadilha e proceder de imediato ao seu encaminhamento para tratamento médico veterinário”.

“A armadilha em questão é um meio de caça não permitido, pelo que a sua utilização é expressamente proibida, tendo sido apreendida”, sublinha a GNR na mesma nota.

Após o resgate, a GNR instaurou um processo crime “por utilização de meios de caça não permitidos”, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Pinhel.

A GNR indica que, com o Serviço da Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), “tem como preocupação diária a proteção dos animais, apelando à denúncia de eventuais situações de maus-tratos ou abandono”.

Neste tipo de casos, a autoridade recomenda contactar a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520), que funciona em permanência para a denúncia de infrações ou esclarecimento de dúvidas.

Os comentários estão desactivados.